Primavera Sound Porto 2019



  • @dELUXE é capaz de me acontecer o mesmo. Nunca quero ir, mas acabo por ir sempre lá picar o ponto. Para já, gosto de todas as bandas anunciadas, excepto duas ou três que não conheço (Tash Sultana e uns belgas ou holandeses que lá estão).

    Mas o Alive é aquela base que já várias vezes aqui falámos. Se puder, evito lá ir (na verdade só aconteceu uma vez ahahaha).



  • Lá devo ter que lá ir ver Vampire Weekend, está prometido à mulher há um par de anos.



  • já me queimaram, Julien Baker em PdC (e Alice Phoebe Lou também confirmada em PdC)



  • @dELUXE estas semanas de Advento de Paredes de Coura andam muito bravas. O Instagram do Primavera continua comatoso após aquela prova de vida?



  • O João Carvalho acabou de me confirmar, via Instagram DM, que o cartaz sai na segunda semana de janeiro.



  • @jmsblk, bom contacto! vou avisar a malta.



  • @dELUXE força, se quiseres eu posso mandar o print para o e-mail do primavera sound porto



  • @jmsblk, no prob, avanço na mesma com a notícia. Pode sempre haver contra informação (como já aconteceu), mas neste momento acaba por ser mesmo o mais provável.



  • @dELUXE de qualquer das formas enviei, abraço! :)



  • 0_1545228454087_123.jpg



  • As estratégias de comunicação e venda das duas edições são completamente diferentes, apesar de partilharem o mesmo nome e uma boa parte da filosofia e do cartaz, mas este ano não deixa de ser estranho esta "demora" no lançamento do cartaz. Que me recorde, será a maior diferença temporal entre o lançamento do cartaz de um e do outro.

    Pode não significar nada, mas também pode querer dizer que o cartaz terá cada vez maiores diferenças (no sentido do Porto ser mais autónomo, e ter cada vez mais nomes que, por agenda ou decisão, não tocam rm Barcelona), ou de que as vendas para Barcelona não estão assim tão boas (e por isso quererem evitar "perdas" nesta época natalicia - sendo um dos sócios, seria um risco calculado, deixar de ganhar num para ganhar no outro).

    E acho que não será assim tão absurdo, até porque Paredes de Coura está a usar uma estratégia totalmente diferente em relação aos últimos anos. Começou a lançar nomes muito mais cedo, e muito mais nomes do que, a esta altura, seria normal.

    Sei que cada vez somos mais impacientes e queremos tudo agora, mas eu queria orientar a minha vida e decidir se vou a Barcelona, Porto ou Paredes (ou a múltiplas combinações destes 3).



  • @belarmino do que fui lendo, as vendas do PS Barcelona este ano já foram mais preguiçosas do que em edições anteriores, mesmo com um desconto de 16% para locais e menores de 30 (https://www.elperiodico.com/es/ocio-y-cultura/20180530/presentacion-festival-primavera-sound-2018-6848866), isto pode ter ajudado na procura de afirmar ostensivamente uma mudança de rumo para 2019. Não tenho dados para perceber se está a compensar, ou não, e se há necessidade de mascarar a coisa no cartaz do Porto.

    Em Portugal também temos o tema IVA, anunciando o cartaz do PS em Janeiro também se pode dar enfâse a um preço mais simpático. Como Paredes de Coura é um festival com um passe mais barato, a baixa de preço aí será à partida menor. Espero é que disponibilizem novamente o pack Via Verde, que este ano foi uma maravilha. Sudoeste e SBSR já lá aparecem para 2019.



  • @PdC said in Primavera Sound Porto 2019:

    Em Portugal também temos o tema IVA, anunciando o cartaz do PS em Janeiro também se pode dar enfâse a um preço mais simpático. Como Paredes de Coura é um festival com um passe mais barato, a baixa de preço aí será à partida menor.

    Também é uma boa análise. Pode ser por ai, especialmente se o cartaz tiver mais riscos. Um cartaz menos bom com um preço simpático vira interessante, um cartaz menos bom com um preço alto vira intragável.



  • bem, a questão do preço, efetivamente irá descer em Janeiro, mas... o preço actual irá subir pois estamos na early bird 2nd change a 110€, em breve sobe para 125€. imaginando uma descida do preço do IVA irá sempre ficar mais caro do que os 110€ actuais.

    haverão outras opção como a Via Verde indicada ou para bilhetes diários, o 2x1 que a NOS costuma fazer.



  • @dELUXE Desconheço a data de fim do early bird.



  • @PdC, também, mas... imagino que seja antes do anúncio do Cartaz ou pouco depois.
    ou então a questão de alteração do preço pode antecipar a subida para 125€ com devido ajuste, pela questão da redução do valor do IVA.



  • Agora a sério, como foi Patti Smith em 2015? Nessa edição só cheguei ao Parque da Cidade a meio de Belle & Sebastian na 6ª Feira e perdi as duas actuações.



  • @PdC, vi agora q integra o Cartaz de PdC, pela storie matinal do Director fazia antever. bem, não consigo opinar, não é de todo o meu estilo, em 2015 vi uns minutos mas dp fui-me embora.



  • @PdC Eu não vi a versão "spoken word/acústico" (que segundo os relatos foi tudo menos acústico e spoken word) e posso te dizer que está no meu top de concertos de sempre.

    O Horses na integra foi algo magistral. A mulher tem uma garra. Agarrou aquela plateia pelos tomates. Foi no palco NOS (no maior). Estava aquela colina cheiinha. Eram ai umas 19h. Ainda hoje me arrepio quando me lembro. Falando a sério.

    E Paredes está com um andamento...



  • @dELUXE Valeu, chapas! Na altura deixou-me roído, mas não tive direito a férias, teve de ser assim. Vai ser belo poder vingar-me no Taboão.